Os meus seguidores.

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Livro- La pêche aux leurres

Este pequeno livro, quase um livro de bolso, é para mim uma “bíblia” que consulto quase diariamente.
Florian Boudeau e Guillaume Fourrier, dois dos mais conhecidos pescadores, detentores de alguns recordes de pesca, consultores de diversas marcas de material de pesca, autores de inúmeros artigos de revistas da especialidade… presenteiam-nos com um excelente livro escrito em francês mas, de muito fácil compreensão.
Esta jóia, aborda o mundo da pesca com amostras da borda de água e embarcada, tanto em água doce como em água salgada.

Foto extorquida a Kaywox - http://kaywox.blogspot.com

O livro encontra-se estruturado em diversos capítulos divididos em cada uma das categorias anteriores. Inicialmente apresentam-nos os parâmetros das canas e dos carretos e da relação que deve existir entre eles. Na secção seguinte, as amostras, surge-nos um pequeno capítulo sobre a forma de trabalhar as amostras, a velocidade de recuperação e os mistérios que envolvem as cores das amostras. Segue-se uma exposição pormenorizada dos diversos tipos de amostras, duras e vinis, onde são apresentadas fotografias com qualidade dos diferentes tipos de amostras, acompanhadas com diversas explicações sobre o meio onde devem ser usadas, a descrição da amostra, as densidades existentes, a profundidade de natação, os melhores de posts para serem usadas, as condições de água em que devem ser usadas, o modo de pesca e os aspectos técnicos a aplicar.

 
No respeitante à fauna, são apresentados os peixes que, pela sua natureza, respondem positivamente a este tipo de pesca. Para além dos peixes de água doce, distinguem os peixes de água salgada em três zonas: Atlântico, Mediterrâneo e Tropical. A acompanhar cada fotografia dos diferentes peixes é-nos descrito o nome científico, o nome comum, o tamanho mínimo legal para a sua captura, a repartição pelas zonas, a profundidade a que habitam, os seus habitats, a sua alimentação. Indicam-nos, ainda, quais as amostras que devemos utilizar para a sua pesca.
Nos capítulos finais deste livro podemos encontrar referências aos diversos tipos de barcos para a pesca com amostras, aspectos da electrónica aplicada à pesca, segurança na pesca e alguns nós de pesca.
Tendo em consideração a abordagem que os autores fizeram nesta obra, considero que deram um forte contributo para a divulgação da pesca com amostras bem como dos aspectos técnicos da mesma.
Em meu entender, estamos perante uma obra que não devemos ignorar.

6 comentários:

Kaywox disse...

Olá Pedro

Grande livro esse....por acaso tenho um igual...que um amigalhaço me ofereceu...

recomendo esse livro.

PS- para os leitores curiosos a foto foi mesmo extorquida. ;) para a proxima tenho que a registar para que estas coisas não se repitam, nem se propaguem na net.

hhehheheheheh

1 abraço

Pedro Soeiro disse...

Olá Zé.
Como eu gostava de ter amigos desses. heheheheh
Os que tenho só me ensinam a fazer fotografias, só me dispensam fotografias, só me ensinam a conhecer os pesqueiros na areia, só me ensinam a registar o blog noutros sites, só me enviam comentários, só me fazem companhia na pesca. Enfim, amigos banais.
Um abraço. Daqueles mesmo grandes.

Nuno Xavier disse...

O livro é mesmo excelente, e também o aconselho a quem tiver alguma facilidade com o Francês.

Não entendei o PS da Foto. O que se passou José?

algures no atlântico disse...

Ola Pedro
De facto é um livro excelente.e que nem de proposito tambem tenho um que me foi oferecido tambem por um grande amigalhaço...hehhheheheh

continuas em grande hehehhehh

Um enorme abraço
Raul

Pedro Soeiro disse...

Olá Nuno. Obrigado pelo teu comentário. Também considero um livro excelente para iniciados e não só. Relativamente à observação do Zé, eu explico. O Zé fez-me a fotografia da capa do livro. Inicialmente, por baico da fotografia eu tinha colocado "foto gentilmente cedida por kaywox". Ora, o menino Zé pediu para eu tirar aquilo que ele não gostava e que preferia que aparecesse "fotografia roubada". Eu fui um pouco mais radical. Esclarecido?! Aparece mais vezes e continua a comentar os meus posts. Abraço e obrigado.

Pedro Soeiro disse...

Viva Raul.
Estou a ver que tu e o Zé têm amigos comuns.
Abraço, tal como para o Zé, um daqueles grandes.