Os meus seguidores.

sábado, 8 de janeiro de 2011

Amostras de pesca #2- Hélices (superfície)

As hélices, também denominadas de “propbait” são, à semelhança das poppers, amostras de superfície que emitem bastante ruído e produzem uma grande quantidade de salpicos na superfície da água.
Estas amostras devem o seu nome às hélices metálicas que possuem. Têm uma forma cilíndrica alongada podendo apresentar somente uma hélice numa das extremidades ou uma hélice em cada uma das extremidades.

As hélices adaptam-se a diferentes condições de mar, do ligeiramente agitado até ao agitado. São simples de utilizar já que não necessitam de nenhum manuseamento específico. Podemos simplesmente lançar e recuperar a amostra. Com pequenos toques de cana conseguimos que esta efectue deslocamentos irregulares. Algumas pausas curtas podem incitar os peixes a atacar. Se o mar se encontrar com ondulação, devemos recuperar a amostra com a cana alta (45º +/-) e nos últimos metros da recuperação com a cana baixa. Nestas condições, a amostra não terá dificuldade em ultrapassar a ondulação.
Os locais mais apropriados para a utilização das hélices são os fundos altos e as pontas rochosas batidas pelas ondas.
Apesar de não serem amostras muito utilizadas entre nós merecem que tenhamos alguma atenção para com elas.

2 comentários:

algures no atlântico disse...

viva Pedro
mais uma vez um excelente relato sebre as amostras.
estás em grande hehheheheheh.....

1 grande abraço

Pedro Soeiro disse...

Olá Raúl.
Sabes bem qual é a minha fonte de inspiração.
Ando também à espera dos teus posts no teu blog.
Abraço.