Os meus seguidores.

domingo, 13 de março de 2011

Bolsa para amostras

Muito em voga no mercado, as bolsas de transporte de amostras da Shimano, apesar de muito úteis apresentam alguns defeitos que podem ser minorados com um pouco de imaginação.
Os possuidores destas bolsas, e são muitos, já devem ter passado por verdadeiras crises nervosas durante as suas jornadas de pesca. De facto, quanto a nós, a bolsa apresenta quatro grandes falhas de concepção:
-não é adequada para as amostras de 17cm,correndo nós o risco de ficarmos com um “piercing” nas costas se nos descuidarmos;
-Os furos que os compartimentos das amostras têm no fundo faz com que as fateixas fiquem presas neles;
-As fateixas das amostras prendem-se com muita facilidade no fecho de correr da bolsa, provocando ao spinner em plena jornada de pesca autênticos ataques de fúria e de perda de tempo ao tentar libertar a amostra da bolsa;
- O peso da bolsa com as amostras e o roçar no cinto provocam o rasgar do passador da cinta da bolsa.


Assim sendo, com alguma habilidade ou recorrendo a um típico artesão português (sapateiro) e gastando 2 euros podemos melhorar a bolsa conforme se exemplifica:
- Retirando o fecho de correr podemos colocar uma tira de velcro para se fechar a bolsa. Outra solução passa por colocarmos no interior da bolsa um plástico relativamente forte até à altura do fecho de correr;
- Ao fundo dos compartimentos das amostras, podemos colar com uma cola forte e resistente à água, uns pequenos pedaços de plástico. Desta forma, tapamos os buracos existentes e evitamos que as fateixas se encaixem neles;
- Para evitar que a bolsa se rasgue, é possível fazer-se um reforço da mesma com uma tira de cabedal;
- O último problema, para o qual ainda não temos solução, prende-se com o transporte das amostras mais compridas (≥17cm). No entanto, é sempre possível transportar uma ou duas amostras destas deitadas por cima das restantes.

Esta ”kitagem” vai-nos poupar muitos constrangimentos e tempo e melhorar significativamente o potencial que a bolsa já apresenta.
Até breve!

Texto e fotos: Pedro Soeiro e Rui Estrela

6 comentários:

Ninja Matrix disse...

Xtor...a bolsa grande da para as amostras de 17!!Deixa de ser forreta...eheheheh

Pedro Soeiro disse...

Ninja, ó Ninja, não é uma questão de ser forreta. Eu tenho uma bolsa grande, também. Na realidade, as amostras de 17 cm cabem mas ficam ligeiramente forçadas. E as de 18 e 19 cm? Também fazem parte da minha colecção.
Fica bem.

MR disse...

Esperimente a meter as amostras de cabeça para baixo

Ab

Kaywox disse...

Olá Rui/pedro

de todas as opções que apresentas só não gosto nem utilizo a ideia do velcro, porque gosto muito de ter a minha bolsa bem fechada. todas as outras alterações que sugeris-te já estão feitas a algum tempo.

1 abraço

Pedro Soeiro disse...

MR,bem vindo ao meu blog.
Optei, também, pela solução de colocar elásticos nas fateixas. Temos é que conseguir contornar os problemas...
Apareça mais vezes.
Abraço.

Pedro Soeiro disse...

Olá Zé.
Eu sei que tu andas sempre em cima do acontecimento.
Abraço.